Aerofatos Um blog diferente Quanto mais eu pesquiso... mais certeza tenho... de que não sei nada!

24 de jun de 2017

As espinafradas da semana


E o assunto da semana que ainda rendeu foi o abate do Su-22 sírio depois que a mídia divulgou mais detalhes. Dizem que houve tiros de advertência, depois um disparo de AIM-9 que teria sido enganado por flares até que um derradeiro AIM-120 teria atingido o Fitter.

Não sabemos ao certo as versões de mísseis utilizados. Provavelmente não era um AIM-9X avaliado em 600 mil dólares. Tão pouco um AIM-120D vendido por 1,8 milhões de doletas, mas com certeza gastou-se mais com mísseis do que o valor do avião. Era mais jogo oferecer ao sírio um Green Card para ele ejetar. Como disse o internauta, derrubar avião sírio velho é fácil. Quero ver derrubar o Temer.


Talvez o piloto do Vespão deve-se seguir o exemplo do piloto da escolta russa que apenas balançou a asa para mostrar o "cacete" do Flanker e fazer o F-16 da Otan sair de fininho em outro desses encontros casuais pelos céus do Báltico. Alias, esta ficando monótono isso.

Por falar em mostrar o cacete, nosso Kctão passou por Le Bourget e agora faz uma peregrinação atrás de interessados. Alguém ouviu falar em outro comprador além de Portugal? Nem eu. Pior que alguns internautas ficaram bravos quando os jornalistas lusos chamaram o projeto de português. E dai? O Gripen é sueco, tem motor americano, trem de pouso inglês, canhão alemão e mesmo assim tem "orgulho de ser brasileiro".

Mas voltando a Paris, duas coisas chamaram a atenção. Uma foi o treinador M-345 que promete ser um Pilatus Killer pois apresenta custo de turbo hélice com uma performance de jato. Outra coisa foi a versão de ataque do M-346.

Como sempre a turma do prato-feito ficou toda excitada! Pobre não pode ver aviãozinho barato em salão que fica todo doidinho para ver na FAB. Depois eu que sou o vira-lata. Tenho horror a pobre! M-346 de ataque na FAB pra que? Para fazer mix LOW/VERY LOW?

Uma coisa é certa: Teve muito avião invisível em Paris, daqueles que ninguém viu porque não deu o ar da graça. Alias não foi só isso que faltou ver em Paris. Muita mídia especializada não foi. Acabou o "Paitrocínio"? É. Na próxima vez não gaste o dinheiro do anunciante em boite.

Furtivo mesmo só o F-35 que fez umas piruetas para mostrar que não é tão acrobático quanto o F-22. E daí? Alguém está pensando nele para a esquadrilha da fumaça? Também não foi nada acrobático o pouso do F-16D dos Thunderbirds que terminou em uma pirueta. Apesar de machucados os tripulantes passam bem.

Pior foi o Global Hawk que caiu na Califórnia e neguinho saiu dizendo que foi abatido por russos. Tudo bem, ninguém liga para notícia de drone mesmo, exceto os indianos que estão quase fechando uma compra de 22 MQ-9B Reaper. Perigo para paquistaneses? Não! Eles já estão treinando abatendo drones espiões do Irã com seus JF-17. Chato, né?

Chato mesmo ficou para o novo sistema anti-misseis SM-3 bkk II americano a bordo do famoso USS John Paul Jones que não conseguiu abater um míssil balístico em testes no Hawaii. Parece que é mais fácil brigar com alienígenas no BattleShip.

Pois é, notícia requentada também é divertimento, mas se você anda procurando por um "furo" recomendo aquele blog mais ao sul. De furo e rosca eles entendem. Sabe como encontrar, né? Basta lembrar da piada do gaúcho e seguir a fumacinha.

Porque aqui a nossa força está no espinafre! Tipo marinheiro Popeye. Venha para o lado verde da força Padawan!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...