Suécia: Se não der Boeing no TX vamos de Turbo hélice!


Segundo a Defense News os suecos só comprarão um treinador avançado a jato se o treinador da Boeing/Saab vencer a competição TX da USAF. Caso contrário optarão por um avião de treinamento turbo hélice cuja operação é muito mais barata.

Atualmente, a Suécia possui um inventário com 50 treinadores Saab 105 do final da década de 60 e estavam planejando sua retirada gradual no início da próxima década. Porém, optaram por continuar operando esses treinadores até 2025, provavelmente esperando o resultado da competição americana.

Enquanto isso na América, a concorrência para aquisição de um treinador para substituir o T-38 na Força Aérea chamada de programa TX, deve ter uma decisão ainda este ano. Todas as empresas americanas participantes da concorrência possuem uma parceria com alguma empresa estrangeira.

A Boeing e sua parceira Saab não divulgaram como será a divisão do trabalho na montagem do seu TX, mas é provável que uma parcela significativa da aeronave seja fabricada na Suécia. A Saab não divulgou se as empresas continuarão a comercializar o treinador caso não consigam o contrato americano, mas sem os Estados Unidos para "dividir a conta" a força aérea sueca já não considera o T-X da Boeing/Saab como opção.

Quem sabe eles achem outro trouxa para pagar esse conta. A propósito: vocês não acham que a FAB está precisando de um treinador? rs rs rs