Como anda a substituição do Tornado pelo Eurofighter?


Com a aproximação da aposentadoria dos Tornados, Britânicos e Alemães correm contra o tempo para garantir que seus caças Eurofighters possam assumir o papel de caça-bombardeiro em suas forças aéreas. 

A BAE garantiu que os Typhoons da RAF estarão aptos para isso até março de 2019 e dividiu esse processo em três fases: Integração de bombas guiadas a laser, Integração de mísseis de cruzeiro e ar-superfície, por último, a integração de armamento para apoio aéreo aproximado.

Do lado germânico, os atrasos na integração do Eurofighter para operação ar-terra podem comprometer os compromissos da Alemanha junto a Otan o ano que vem, de acordo com um relatório do governo alemão que tem feito a alegria das agencias de notícias como a Reuters.

De acordo com esse documento confidencial, as capacidades do Typhon alemão como bombardeiro só serão testadas em setembro deste ano, tempo muito curto para concluir os testes pensando em 2018. 

Ainda segundo o relatório foram encontradas deficiências que estão impedindo a instalação de novos recursos e armamentos. Além de apontar que os caças mais antigos da frota (versão Tranche 1) apresentam-se desgastados.

O relatório conclui que se houvesse a necessidade de desdobramento, os recursos seriam rapidamente exauridos... Enquanto isso Dona Angela Merckel continua preocupada com a questão dos imigrantes...

Foto Wikipedia