Canadá: Não vai rolar Super Hornet como tampão?


De acordo com o Chronicle Herald,  o comitê de defesa do Senado canadense divulgou nesta segunda-feira um relatório que considera desnecessária a aquisição de 18 aeronaves Super Hornet que serviriam de tampão para complementar a frota de caças.

Por outro lado o governo de Justin Trudeau diz que os Super Hornets são necessários devido ao desgastes da frota de CF-18, mas os críticos da oposição alegam que isso é apenas uma desculpa para não se comprar o F-35.

O relatório é o segundo de uma série publicada pelo comitê durante o último mês. O primeiro pediu ao governo para dobrar os gastos de defesa para 2% do PIB durante a próxima década. Este último sugeriu uma lista de itens que os senadores achavam que o governo deveria comprar com os US $ 20 bilhões extras que o aumento do orçamento permitiria.

A lista incluiria a compra de 12 novos submarinos, a aquisição de helicópteros de ataque e o aumento da frota de caças para 120 unidades, entre outras coisas.

O relatório estima que a compra de Super Hornets em caráter provisório custaria entre 5 e 7 bilhões de dólares mas a Força Aérea ficaria com uma frota incapaz de cumprir com as suas responsabilidades. 

Segundo o National Post, estes Super Hornets interinos voariam apenas por 12 anos... Pera! 12 anos? Seriam considerados envelhecidos em 12 anos? Putz! Alguém avisa para eles que caça não é Whisky!!!

Foto: CF-18 acrobático propositalmente postado de cabeça para baixo

Nota: Para aqueles que não compreenderam a confusão que esta sendo o processo de aquisição de caças no Canadá, eu convido a lerem esta matéria do site Poder Aéreo.