Pesquise no Site

Aniversário de TOP GUN: piloto chinês banca o Maverick...


O título acima foi apenas uma brincadeira, mas bem que poderia ter acontecido. Segundo a BBC, militares dos EUA disseram que dois caças Sukhoi Su-30 chineses conduziram uma interceptação "não profissional" de um WC-135 dos EUA sobre o Mar da China. 

Uma das aeronaves chegou a se aproximar a uma distância de cerca de 45 metrôs do avião americano, voando perigosamente de cabeça para baixo. Será que o piloto também mostrou o dedo como na clássica cena do filme Top Gun?

Segundo os americanos, o WC-135 estava em uma missão para "detectar a radiação no espaço aéreo internacional"... Hummmmm. Sei. A aeronave estaria sendo usada para detectar provas de possíveis testes nucleares da Coréia do Norte. Só faltaram dizer que estavam por ali caçando Pokemon.

O Governo de Beijing (no ombro?) não comentou o incidente, mas acusa os EUA de realizar vôos de reconhecimento sobre as águas costeiras chinesas. 

A China reivindica soberania sobre quase todo o território disputado nos mares do Sul e do Leste da China, embora vários outros países da região tenham reivindicações semelhantes. Com o aumento do número de incidentes,  a China e os países do Sudeste Asiático concordaram com adoção de um código de conduta para evitar desdobramentos.

Em 2001, uma colisão entre um avião de vigilância americano e um caça da China terminou com a morte do piloto chinês e a tripulação americana presa por 11 dias após um pouso de emergência na ilha Hainan. O incidente provocou um certo embaraço diplomático.

Enquanto chineses e americanos brincam de Maverick, por aqui a gente segue esperando o churrasco, afinal, o Dono da Carne já pôs fogo na churrasqueira. Pensaram em convidar o Aécio, mas o Senador anda abatido. Sua assessoria informou que parece cocaína, mas é só tristeza. Ai! Como eu tô bandida!

Obs.: Nossa singela homenagem ao filme que completa 31 anos esse mês.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...