F-35 e SH: Um High-Low para Marinha


O The American Institute of Aeronautics and Astronautics, soltou uma pequena nota sobre um artigo que saiu no site Investors, comentando que a Marinha americana continuará modernizando o Super Hornet para voar junto com o F-35.

De acordo com a segunda publicação, o vice-almirante Mike Shoemaker, comandante das forças aeronavais, teria dito isso em uma palestra na quinta-feira, afirmando também que os dois caças voariam juntos em um mix high-low.


Por ser especializada em investimento, a impressão que o texto passa é que se trata de uma matéria tentando alavancar as ações da Boeing, jogando com hipóteses de possíveis aquisições que poderiam acontecer mas sem apresentar nada de muito concreto.

A Boeing já informou que precisa de um pedido de pelos menos 24 unidade para manter a linha de produção após 2020. Enquanto isso a empresa aposta em clientes indecisos como o Canadá.

Eu geralmente termino textos sobre Super Hornet xingando o Edward Snowden, mas cada dia que passa chego a conclusão que o escândalo da NSA foi apenas uma desculpa para alguém levar uns trocos.