Aerofatos Um blog diferente Quanto mais eu pesquiso... mais certeza tenho... de que não sei nada!

13 de jul de 2016

Mentira tem perna curta


No fim da semana passado, surgiram pela internet rumores do abate de um helicóptero russo na Síria que teria provocado a morte de sua tripulação. A notícia foi rapidamente desmentida pela mídia russa.

Posteriormente um vídeo postado no Youtube por militantes do ISIS, forçou a Rússia a admitir em uma primeira versão que um helicóptero Mi-25 Sírio que estava sendo testado por instrutores russos, foi chamado para dar apoio aéreo a tropas que estavam sendo atacadas e acabou sendo abatido por terroristas que dispunham de sofisticadas armas americanas.

Mais tarde, ao analisar as informações e o vídeo, analistas consultados pela mídia americana chegaram as seguintes conclusões:
  • Não se tratava de um obsoleto Mi-25 Sírio, mas sim de um sofisticado Mi-35M russo
  • Se era russo, não estava em teste ou treinamento, mas sim em missão de guerra
  • As imagens sugerem que o que acertou a aeronave não veio por trás
  • Se a explosão foi no rotor e não no motor que é fonte de calor, dificilmente foi um Manpad
  • Pela velocidade de um helicóptero, dificilmente foi um TOW
  • Existe a possibilidade da aeronave ter sido atingida por uma arma antiaérea tradicional
Estas são algumas conclusões publicadas pelo Washington Post e podem ser vistas aqui. Teria um sofisticado helicóptero de ataque russo ter sido abatido por uma simples .50? Não sei. Eu só sei que fiz seis versões diferentes desta matéria, porque de meia em meia hora, surgiam diferentes versões para a história.

É aceitável que a mídia russa não queira admitir a perda de vidas e equipamento em um conflito, mas não se pode aceitar que fatos continuem a ser distorcidos.  Afinal, os tempos de Gulag acabaram ou não?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...