Como é bom gastar dinheiro. Que inveja!


Segundo a mídia local, a Índia está interessada em seis aeronaves para reabastecimento aéreo para aumentar o alcance de seus aviões. Isso já havia sido noticiado. A novidade é que essa compra seria diretamente com o governo francês, já que negociações com o fabricante do Airbus-330 MRTT, aeronave selecionada, não evoluíram por razões diversas. Lembrando que só está faltando a França oferecer para a Índia a Torre Eiffel para concluírem de uma vez o contrato do Rafale.

Além disso, essa semana a Defense News e a Janes noticiaram que a Índia assinou um contrato de 1 bilhão de dólares para aquisição de mais quatro unidades do avião de vigilância marítima P-8I Poseidon. Parece que uma mídia brasileira noticiou isso por aqui, mas como eles NÃO estão colocando as fontes, resolvi comentar dando os devidos créditos aos verdadeiros donos da notícia.

Anteriormente, os indianos haviam assinado uma compra de oito P-8I no valor de 2,1 bilhões de dólares, para substituírem antigos aviões Tu-142 da era soviética. Espera-se que voem até meados de 2050.

Com informações do Times of India e do HindustanTimes