Aerofatos Um blog diferente Quanto mais eu pesquiso... mais certeza tenho... de que não sei nada!

18 de jul de 2016

Os jatos de combate mais utilizados atualmente


Uma matéria do The Motley Fool, re-tweetada pelo CombatAircraft trás alguns números interessante sobre aviões militares. O site pesquisou dados da Flight Global e compilou os 10 jatos de combate mais utilizados atualmente no mundo.

A matéria pecou ao considerar o Chengdu J7 e sua versão de exportação (F7) como aeronaves distintas e os preços informados também não me pareceram muito realistas. Por isso coloquei do meu jeito essas informações uma tabela que me forneceu um gráfico para visualizar melhor essa distribuição.

Errata: Os dados não são da Madison.com, mas do The Motley Fool


O campeão, como era de se esperar, foi o F16. Das 4.500 unidades produzidas, nesses quarenta anos de produção, metade ainda voam. 

O que me chama atenção é que 1.000 dessas aeronaves são Mig-21s e F5s, ambos em vias de aposentadoria pelo mundo nos próximos 5 anos, ou seja, um mercado potencial para um caça que surja como um bom substituto. Atualmente, Gripen, Tejas e JF-17 se enquadram nessa categoria.

Por outro lado temos muitos F-16 de segunda mão que podem voltar ao mercado nos próximos anos como compras de oportunidade, quando forem substituídos por aeronaves mais novas.

Porque é importante ter uma grande quantidade de aviões de um dado modelo voando? Simples, escala. Qualquer produto industrial que é muito vendido, diluí os custos da pesquisa e do desenvolvimento por unidade, permitindo ao fabricante vendê-lo por um menor preço.

Tai uma crítica ao nosso Gripen NG: A falta de escala, mas isso é assunto para outro post.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...