100 anos, mas com rostinho de 15.


Os 100 anos da Boeing

A história da Boeing começou num galpão para navios junto ao lago Union, em Seattle, nos EUA. William Böing, filho de imigrantes alemães, inicialmente queria construir um iate, mas descobriu sua paixão por aviões.




O começo

O legendário "Red Barn", junto ao lago Union, foi o galpão de embarcações que serviu de hangar para a sede da Pacific Aero Products Company, fundada em 15 de julho de 1916. Um ano mais tarde, a empresa seria rebatizada em Boeing Airplane Company.


O fundador

Em 1868, o alemão Wilhelm Böing von Hohenlimburg emigrou de Hagen, na Alemanha, para os Estados Unidos, onde trabalhou como negociante de madeira. Seu filho, Wilhelm Eduard Böing (chamado nos EUA de William Edward Boeing), na foto, estudou em escolas particulares e na Universidade de Yale. O nome alemão Böing foi transformado em Boeing.


Hidroaviões foram os primeiros

A Boeing começou montando hidroaviões. Com o ingresso dos Estados Unidos na Primeira Guerra Mundial, a empresa recebeu uma encomenda de 50 unidades. Depois da guerra, teve de se reorientar, fabricando várias coisas. Além do transporte de passageiros e de carga, assumiu também o transporte de correspondências.


Serviço de correio

A primeira viagem aérea internacional de serviço de correio ocorreu em março de 1919. Bill Boeing (à esquerda) e Eddie Hubbard voaram de Seattle a Vancouver, no Canadá.


Transporte de passageiros

Em 1927 foi criada a Boeing Air Transport. O primeiro avião de transporte de passageiros da Boeing foi o modelo 80-A1, cujo voo inaugural aconteceu em 27 de julho de 1928.


Modernidade na década de 1930

Um Boeing 247D sobrevoa Nova York. O bimotor construído todo em metal chegou ao mercado nos anos de 1930 e é considerado o primeiro avião da era moderna. Nesta década, William Boeing deixou de trabalhar ativamente na empresa. Ele continuou prestando apenas assessoria para a Boeing.


Bombardeiro de Hiroshima

O Boeing B-29 Superfortress, batizado Enola Gay e usado para lançar a bomba nuclear sobre Hiroshima na Segunda Guerra Mundial, foi restaurado e pode ser visto no Smithsonian National Air and Space Museum, em Washington.


Boeing 707, a nova era

O 707 foi o início de uma nova era no transporte aéreo de passageiros e marcou o começo do domínio da Boeing na aviação comercial. Na foto, a apresentação do primeiro 707, em maio de 1954.


Lançamento do 747, o Jumbo Jet

O Boeing 747 foi lançado em 1968. Os então presidentes da Boeing, Bill Allen, e da Pan Am, Juan Trippe (à esq.) selaram o acordo de venda de aviões para a Pan Am durante uma pescaria. O quadrimotor ficou famoso não só pela tecnologia inovadora para a época, mas também seu glamour. Em seu interior, o serviço de coquetel e, às vezes, até mesmo um piano prometiam uma viagem elegante e relaxante.


Dreamliner, o futuro

A Boeing foi a primeira fabricante a usar fibras de carbono em vez de alumínio na fuselagem do avião. Mas esta inovação custou dinheiro e tempo: o primeiro exemplar deste jato de alta tecnologia foi entregue em 2011, com três anos de atraso.

DW