Quem se habilita? Voluntários? Olha o preconceito...


Conheça o primeiro avião Made in China que começou a voar esta semana

O aparelho, desenvolvido por uma empresa estatal, fez esta terça-feira a sua primeira viagem comercial, um percurso de duas horas entre Chengdu e Xangai. O próximo passo é concorrer com gigantes como a Airbus e a Boeing.





O primeiro avião a jato fabricado na China, o ARJ 21-700, fez a sua viagem comercial inaugural esta terça-feira, 28 de Junho, num percurso entre Chengdu (Oeste da China) e Xangai (Leste).  

O voo regional da companhia Chengdu Airlines durou duas horas e levou 70 passageiros a bordo, tendo feito depois a viagem de regresso. A rota vai ser servida por este avião às terças, quintas-feiras e sábados. Em Agosto, a companhia deverá receber o seu segundo aparelho.


De acordo com o canal estatal chinês de televisão CCTV, a aeronave tem um raio de ação de dois mil quilômetros, sendo ideal para voos domésticos. Na velocidade máxima, atinge os 870 quilômetros por hora e concorre diretamente com os aparelhos produzidos pela canadiana Bombardier e pela brasileira Embraer.

Trata-se de um jato bimotor, com capacidade para até 95 passageiros, com cerca de 36 metros de comprimento e uma envergadura de cerca de 27 metros. Alguns componentes fundamentais, como o nariz, a fuselagem e a cauda, são os mesmos usados no Douglas DC-9 e McDonnell Douglas MD-80, refere a Associated Press.

Apesar de ser um dos principais mercados para a aviação, o país tinha até agora de importar as suas aeronaves. O programa de desenvolvimento do avião pela COMAC (China Commercial Aircraft Co.) começou em 2002 e o primeiro voo de teste aconteceu em 2008, a que se seguiram cinco mil horas de voos de ensaio.

Em breve teremos o lançamento de um novo avião, desenvolvido também por uma empresa estatal, o C919 – com capacidade para até 180 passageiros - que vai competir a partir de 2019 com aparelhos produzidos pela norte-americana Boeing e pela europeia Airbus.

(texto adaptado da mídia portuguesa)