Correios suíços testam entregas com drones


Entrega com drones não vai substituir os carteiros tradicionais mas ajudará especialmente nas entregas em aldeias remotas. 

A empresa de distribuição de correios suíça começou a testar, esta terça-feira, a emprega de cartas e encomendas recorrendo a drones, noticia o The Guardian. A ideia passa por adotar este novo método num prazo de cinco anos, para ser usado especialmente em zonas remotas, como é o caso dos Alpes suíços. A entrega com drones não vai, contudo, substituir as entregas tradicionais.

“O drone é extremamente leve e capaz de transportar cargas até um quilo por mais de 10 quilómetros com um único carregamento de bateria”, informou a Swiss Post num comunicado a que o The Guardian teve acesso.

Os testes iniciais vão decorrer até ao final de julho. Para serem adotados afetivamente há aspetos que é preciso contornar, como regulamentos legais.

A Swiss Post esclareceu que os percursos são previamente definidos e que os drones usam rotas seguras, elaboradas por um software da fabricante Matternet.

A concretizar-se, este novo método de entrega poderá ser espacialmente útil em casos de emergência. Entregar encomendas em regiões afetadas por tempestades é um dos exemplos.