Pesquise no Site

Aeronave com problemas pousa em represa de Ponta Grossa

Click para acessar o Youtube
AVIÃO PERDE ALTURA E CAI NA REPRESA DE ALAGADOS*

Aeronave teve de fazer um pouso forçado, na tarde de sábado, na represa de Alagados. Duas pessoas ocupavam o avião e foram socorridos com barcos do Iate Clube de PG

Uma aeronave ultraleve foi obrigada a fazer um pouso forçado na represa de Alagados, em Ponta Grossa, durante a tarde do último sábado (25). Um cinegrafista amador captou o momento em que a aeronave pousa sobre a água e as imagens foram largamente compartilhadas através de aplicativos para celulares, como o WhatsApp.

Segundo informações, a aeronave teria começado o voo no aeroporto Santana e o ultraleve teria apresentado problemas – assim sendo obrigado a pousar sobre a água. Os ocupantes da aeronave não sofreram ferimentos e os nomes dos envolvidos ainda não foram divulgados pelas autoridades.

A represa do Alagados é responsável pelo abastecimento de água em Ponta Grossa e, apesar da queda que poderia liberar combustível na água, o Instituto Ambiental do Paraná não foi acionado. “O ultraleve consume muito pouco combustível e foi retirado logo após a queda na água”, explicou a assessoria de imprensa do IAP.

Duas pessoas ocupavam o avião no momento do acidente e eles não se machucaram. A dupla saiu nadando e o local da queda foi sinalizado com boias. O Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar não foram acionados.


Segundo informações da assessoria de imprensa da Força Aérea Brasileira, não é prevista investigação em casos que envolvem aeronaves experimentais – os ultraleves. Além disso, a FAB informou que não houve reporte nenhum as autoridades aeronáuticas sobre o caso. O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) levanta informações para saber o que aconteceu no caso.

OUTRO LADO
Iate Clube divulga nota sobre acidente

O Iate Clube Ponta Grossa divulgou uma nota oficial que defende que a ocorrência foi fora das dependências do grupo, mas os tripulantes foram resgatados por barcos do clube. As causas da queda do avião estão sendo apuradas e a Marinha foi informada sobre o fato. Um dos diretores do Iate Clube afirmou que a aeronave continua embaixo da água – com uma boia sinalizando o local – e deve ser removida nesta sexta-feira (31).

Jornal da Manhã

* Este texto foi extraído de uma mídia local leiga, não especializada no assunto. Erros de terminologia devem ser desconsiderados. Veja o que saiu na reportagem da TV aqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...