Acidente de avião mata 11 integrantes da força aérea colombiana


Pelo menos 11 integrantes da Força Aérea Colombiana (FAC) morreram nesta sexta-feira na queda ao norte do país de um avião militar Casa de fabricação espanhola, informaram fontes militares.

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, informou inicialmente no Twitter que eram 12 as vítimas do acidente, mas posteriormente fontes do Ministério da Defesa e da FAC confirmaram que são 11 os falecidos.

"Nossas sentidas condolências a seus familiares", declarou o governante em sua conta na rede social.


A força aérea colombiana afirmou em comunicado que uma "aeronave Casa 235 de transporte com matrícula FAC 1261 se acidentou na área de Las Palomas, município de Agustín Codazzi, no departamento de Cesar, com 11 tripulantes a bordo".

Entre as vítimas há um major, um tenente e nove suboficiais, segundo as primeiras informações, que indicam que a aeronave tinha partido da Base de Palanquero, no centro do país.


A instituição detalhou que o avião "tinha reportado uma falha em um motor" e confirmou que foi possível confirmar que não há sobreviventes.

O Casa 235 é um avião turbo-propulsado de transporte tático e patrulha marítima desenvolvido pela espanhola Construcciones Aeronáuticas S.A. (CASA) com a indonésia IPTN.

Este avião é usado habitualmente para o transporte de tropa e tem capacidade para levar 50 soldados.



Continuaremos compartilhando matérias pelo Facebook e pelo Twitter
basta acessar:
Lembre-se: Você não precisa ter Face ou Twitter para acessá-las