Aerofatos Um blog diferente Quanto mais eu pesquiso... mais certeza tenho... de que não sei nada!

29 de jun de 2015

FAB afasta controlador após aproximação perigosa de aviões

ATENÇÃO: FOTO MONTAGEM MERAMENTE ILUSTRATIVA
Nesse domingo (28), um Boeing 737-800 da Gol que ia de Salvador para Aracaju ficou perto de um ATR-72 da Azul que fazia a rota entre Barreiras (BA) e Salvador

A Força Aérea Brasileira (FAB) afastou preventivamente um controlador de tráfego aéreo após dois aviões ficarem muito próximos um do outro em pleno ar.

O caso, classificado como "incidente de tráfego aéreo", ocorreu sobre a Bahia na tarde de domingo (28). Um Boeing 737-800 da Gol que ia de Salvador para Aracaju ficou perto de um ATR-72 da Azul que fazia a rota entre Barreiras (BA) e Salvador.

Segundo o piloto do voo da Gol, a distância entre as aeronaves ficou a 200 pés, ou 61 metros. Em gravação disponível em um fórum de aviação, o piloto chama a atenção da controladora de tráfego aéreo para a proximidade entre os aviões. A separação convencional entre aeronaves é de 1.000 pés, ou 300 metros.

Os aviões têm equipamentos capazes de detectar a proximidade de outra aeronave - são os TCAS, sigla em inglês para sistema anticolisão de tráfego. Quando uma aeronave está muito próxima da outra, um alerta é dado na cabine aos pilotos das duas aeronaves para manobrarem - em direções opostas. Esses episódios são conhecidos como quase colisão e tratados como incidente.

Há três escalas de alerta no TCAS indicando proximidade - o avião da Azul apareceu no radar da aeronave da Gol na segunda escala, uma antes da vermelha, a mais grave, que determina manobra evasiva.

A Gol disse não ter havido alerta dos sistemas de bordo quanto a uma possível colisão e que o Boeing 737-800 se manteve a distância segura de outros aviões. A empresa avalia que os aviões estavam a uma distância horizontal segura.

Segundo a FAB, o afastamento é preventivo e se dá até o final das investigações. Essa medida está prevista nas normas do Sistema de Controle do Espaço Aéreo. A organização não divulga o número de quase colisões no país. A Azul disse que está apurando o caso.


* Foto: montagem meramente ilustrativa

Atualização



Continuaremos compartilhando matérias pelo Facebook e pelo Twitter
basta acessar:
www.facebook.com/aerofatosfanpage
https://twitter.com/aerofatos
Lembre-se: Você não precisa ter Face ou Twitter para acessá-las
    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...