A culpa é sempre do técnico de informática...


Software mal-instalado foi a causa da queda de avião da Airbus na Espanha

A fabricante garante que a causa do acidente foi a má-instalação do software, que não possui nenhum erro

A Airbus admitiu que um problema no software foi a causa da queda do avião A400M, em um acidente que matou quatro pessoas na Espanha em maio. O jornal alemão Handelsblatt afirma que o software em questão foi instalado incorretamente, fazendo com que os motores do A400M parassem de funcionam em pleno voo. O programa, porém, estava sem falhas.

Segundo Marwan Lahoud, diretor de estratégia da Airbus, a empresa acredita que não existe problema com o avião. "As caixas pretas atestam que não existem defeitos estruturais, mas temos um grave problema de qualidade na montagem final", disse o executivo ao jornal.

De acordo com o jornal alemão, as unidades que controlam os motores do avião foram instaladas incorretamente na montagem final, o que fez os motores pararem e o avião cair. Mas a Airbus ainda afirma que é cedo demais para tirar alguma conclusão.

"Precisamos dos resultados finais da investigação", afirmou a empresa em um comunicado. "Como todos os acidentes, esse certamente será uma combinação de problemas e não apenas uma única causa".

A Airbus ainda afirma que os outros A400M em funcionamento já foram vistoriados e estão "100% protegidos contra essa falha."

O acidente aconteceu em 9 de maio, pouco após a aeronave decolar de um aeroporto em Sevilha, Espanha, em seu voo inaugural. O avião caiu, matando quatro pessoas.

Fonte: Handelsblatt