Turquia derruba aeronave Síria que violou seu espaço aéreo


Turquia diz ter derrubado helicóptero sírio; TV síria nega

ISTAMBUL/BEIRUTE (Reuters) - A Turquia afirmou ter derrubado, neste sábado, um helicóptero sírio que violou o espaço aéreo turco, enquanto a mídia estatal síria disse que a aeronave era um drone de vigilância controlado remotamente.

País membro da Otan e uma das maiores críticas do presidente sírio, Bashar al-Assad, a Turquia possui 900 quilômetros de fronteira com a Síria e com frequência mobiliza caças para a região, preocupada com violações de seu território.

O primeiro-ministro turco, Ahmet Davutoglu, disse que os caças militares atiraram contra um helicóptero sírio após tê-lo confundido com outro tipo de aeronave, devido à neblina.

“Nossos caças responderam e depois o helicóptero caiu do lado sírio da fronteira... A autoridade que demos às Foças Armadas turcas é extremamente clara. Qualquer um que viole as fronteiras turcas, seja por terra ou ar, será punido”, disse Davutoglu, segundo o site do canal de notícias NTV.  

Mas a TV estatal síria negou que a Turquia tenha derrubado um de seus helicópteros e disse se tratar da queda de uma aeronave não tripulado de vigilância.