Buscas pelo MH370 descobrem navio naufragado


Equipes de buscas na costa australiana que procuram vestígios do avião MH370, que desapareceu dos radares em Março de  2014, encontraram restos de um navio naufragado que se pensa ser do século XIX. Um sonar detectou os detritos a 4.000 metros de profundidade no Oceano Índico.

Embora as autoridades tenham assumido logo que os objetos não eram do Boeing 777 que transportava 239 pessoas, um segundo navio foi chamado para averiguar. Vários objetos foram detectados, o maior dos quais tinha 6 metros. Arqueologistas marinhos estão a analisar as fotografias tiradas para identificar o navio.

Peter Foley da Agência Australiana de Segurança de Transportes disse que a descoberta é "fascinante", mas que "não vamos parar a missão de procura do MH370, de facto, os navios já continuaram com a sua missão".

Em Abril, os encarregados pelas missões de busca anunciaram que iriam expandir a aérea de procura por mais 60 mil metros quadrados se não encontrassem nada do avião até ao fim de Maio. As equipas já cobriram mais de 75% da área de procura original.