Aerofatos Um blog diferente Quanto mais eu pesquiso... mais certeza tenho... de que não sei nada!

28 de mai de 2015

Avião com 50 imigrantes clandestinos é interceptado no México


Pelo menos 50 imigrantes em situação ilegal foram interceptados por agentes migratórios do México, a bordo de um avião que se preparava para embarcar de Cancún (leste) para Reynosa, cidade na fronteira com os EUA - informou o Instituto Nacional de Migração (INM).

"Por uma denúncia anônima, agentes de migração detiveram, em Cancún, 50 pessoas que se encontravam ilegalmente no país e estavam a bordo de um avião pronto para partir", informou a funcionária do INM consultada pela AFP.

"Ao todo, 18 pessoas cubanas; 23, de El Salvador; cinco, da Guatemala; duas, de Honduras; um belizenho; e uma pessoa de Granada estavam a bordo do avião da linha de baixo custo VivaAerobus", relatou um dos funcionários do terminal aéreo.

Os agentes do INM "pediram para abordar a aeronave que já estava na plataforma" para que os imigrantes descessem, acrescentou o funcionário, que pediu para não ser identificado por não estar autorizado a falar com a imprensa sobre o tema.

O avião seguiria para Reynosa, uma perigosa cidade do estado de Tamaulipas (leste), vizinha da americana Mc Allen, no Texas.

O crime organizado instalado nessa localidade controla o tráfico de emigrantes e mantém várias casas, onde essas pessoas são mantidas como reféns para extorquir seus familiares nos Estados Unidos.

Cerca de 200 mil imigrantes em situação ilegal entram todos os anos no México, a maioria pela fronteira sul. Boa parte usava o trem conhecido como "La Bestia" para cruzar o país, tornando-se presa fácil para o crime organizado.

Uma das estradas mais perigosas para cruzar para os Estados Unidos é a segue para a fronteira de Tamaulipas. Nessa área, em três episódios diferentes, a Polícia Federal resgatou recentemente 40 pessoas em situação ilegal que haviam sido sequestradas em Reynosa e Nuevo Laredo - informou a Comissão Nacional de Segurança em um comunicado.

Em agosto de 2010, um grupo de 72 pessoas também em situação clandestina das Américas Central e do Sul foi sequestrado e massacrado em Tamaulipas pelo sanguinário cartel Los Zetas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...