Pesquise no Site

Agora só falta um Porta-aviões operacional


Seis anos após a assinatura do contrato, a Marinha recebeu o seu primeiro Skyhawk modernizado da Embraer. O valor do contrato na época era de 106 milhões de dólares para modernização de 12 aeronaves. Estima-se que a vida útil das células seja estendida até 2028, data prevista para baixa do NAe São Paulo.

Agora você pode dormir sossegado porque sua marinha vai contar com uma aviação naval "moderna". Só falta seu porta-aviões navegar sem explodir... Veja a íntegra da nota da Embraer abaixo.

Embraer Defesa & Segurança entrega primeiro caça AF-1B modernizado para a Marinha do Brasil

Gavião Peixoto, 26 de maio de 2015 – A Embraer Defesa & Segurança realizou hoje a cerimônia de entrega do primeiro caça AF-1 modernizado (AF-1B) para a Marinha do Brasil na sua planta industrial em Gavião Peixoto, no interior paulista. 

A cerimônia contou com a participação do Comandante da Marinha, Almirante-de-Esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira, e oficiais do Alto Comando da Marinha do Brasil. O programa AF-1 (designação da Marinha para o McDonnell Douglas A-4 Skyhawk) prevê a revitalização e a modernização de 12 caças subsônicos – nove AF-1 monopostos e três AF-1A bipostos.

O AF-1 é um avião de interceptação e ataque operado a partir de um porta-aviões como vetor para a defesa aérea da esquadra. As aeronaves modernizadas da Marinha receberam novos sistemas de navegação, armamentos, geração de energia, computadores, comunicação tática e sensores, incluindo um radar multímodo de última geração. 

Esses equipamentos, aliados ao trabalho estrutural realizado, permitirão a estes caças operar até o ano de 2025. O programa de modernização da Embraer prevê ainda o fornecimento de estações de briefing e debriefing que já estão sendo empregadas no treinamento e na proficiência dos pilotos do Esquadrão VF-1 Falcão, possibilitando um melhor aproveitamento, redução de custos e maior eficácia no planejamento e execução das missões.

“Para a Marinha do Brasil, a modernização das aeronaves AF-1 na Embraer é mais um importante passo na capacitação da Base Industrial de Defesa brasileira e os resultados alcançados permitirão que a Aviação Naval opere uma aeronave com sensores e equipamentos no estado da arte, representando um grande salto de qualidade na capacidade da Força”, disse o Almirante-de-Esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira, Comandante da Marinha.

“Este é o primeiro contrato de integração de sistemas que firmamos com a Marinha do Brasil e, portanto, um marco na nossa relação”, disse Jackson Schneider, Presidente e CEO da Embraer Defesa & Segurança. “A modernização do AF-1 representou um desafio tecnológico significativo por ser uma plataforma não desenvolvida por nós. 

Mesmo assim, com o apoio e competência da equipe da Marinha do Brasil, conseguimos entregar uma solução que atende plenamente às necessidades operacionais do nosso cliente demonstrando o nosso compromisso com os projetos da Marinha”.


Em tempo: Veja mais detalhes do programa no DAN
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...