Pesquise no Site

NASA testa asas de avião que mudam de formato durante o voo

Click para acessar o Youtube
Em parceria com o Laboratório de Pesquisas da Força Aérea (AFRL) dos Estados Unidos e a empresa FlexSys Inc., a NASA está desenvolvendo uma nova tecnologia que pode tornar os tradicionais "flaps" das asas de aviões obsoletos. Nessa semana, a agência anunciou o sucesso de sua primeira leva de testes de asas com a tecnologia ACTE (Adaptive Compliant Trailing Edge, algo como borda traseira adaptativa e responsiva).

O novo design de asas não tem partes articuladas, como os flaps atuais: toda a superfície da asa se curva de acordo com as necessidades do piloto. Segundo a NASA, essa mudança pode economizar milhões de dólares por ano em custos de combustível, além de reduzir em até 40% ruído durante a decolagem e a aterrisagem. Veja abaixo um vídeo do novo modelo de asa.


A agência também afirma que essa nova tecnologia pode ser implementada em aviões mais antigos, substituindo apenas suas asas. Essa substituição geraria uma economia de combustível de 3 % a 5%, contra uma economia de 8% a 12% em uma aeronave que já venha de fábrica com essa tecnologia. Um dos motivos que tornam as asas ACTE mais econômicas é que elas são mais leves que as asas antigas.

Os testes foram realizados em Edwards, na Califórnia. Ao longo de seis meses, 22 voos de pesquisa com a nova tecnologia foram realizados. As asas ACTE podem ser anguladas de 30 graus para baixo até 2 graus para cima. No entanto, em cada um dos voos de teste, a angulação das asas foi fixa, de forma a oferecer resultados mais precisos. 

A ACTE é uma das tecnologias desenvolvidos pelo programa ERA (Environmentaly Responsible Aviation, ou aviação ambientalmente responsável) da NASA, que inclui outros sete projetos. Um deles, por exemplo, é um novo design para a cauda dos aviões.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...