Em menos de 24h dois aviões da Germanwings fazem pouso forçado


Um avião da Germanwings que viajava de Colônia para Veneza teve um vazamento de óleo durante o voo e precisou fazer um pouso de emergência na cidade alemã de Stuttgart. Este foi o segundo caso em menos de 24 horas em que aeronaves da mesma companhia precisaram desviar a rota por problemas durante o percurso.

A Germanwings, filial de baixo custo da Lufthansa, é também proprietária do Airbus A320 que caiu nos alpes franceses no dia 24 de março, provocando a morte de 150 pessoas.

"Por razões de segurança, um dos reatores foi desativado e o avião foi desviado", disse em comunicado oficial a empresa sobre o voo que tinha Veneza como destino. A aeronave, um Airbus A319, voava com 123 passageiros e cinco tripulantes. 

Ainda de acordo com a companhia aérea, "os passageiros saíram do avião normalmente" e o avião está sendo consertado pelos técnicos da empresa. 

Na sexta-feira, uma outra aeronave da Germanwings precisou interromper o percurso porque uma passageira e um membro da tripulação sentiram uma forte náusea e precisaram receber atendimento médico imediato. 

O avião seguia da cidade alemã de Hannover para Roma, na Itália, e precisou fazer o pouso de emergência no aeroporto de Veneza.