Drones no controle biológico de pragas


Alunos da Universidade de Queensland na Austrália testaram a utilização de drones para espalhar um ácaro predador (Californicus)  no controle de duas espécies de Ácaro Rajado nas plantações de milho. Os trabalhos foram conduzidos por Michael Godfrey. Segundo ele, "Como o milho cresce, é muito difícil caminhar entre a cultura para espalhar insetos benéficos"

O californicus teve seu potencial como agente efetivo no manejo dessa praga comprovado em diversos países, inclusive no Brasil. Ele consome ovos, larvas, ninfas e adultos do ácaro rajado, multiplicando-se rapidamente em campo, quando utilizado corretamente, sem causar dano à cultura e ao meio ambiente.