LEAPTech: O avião elétrico da NASA


Conheça o avião elétrico de 18 turbinas criado pela Nasa para revolucionar o transporte aéreo

A Nasa apresentou na semana passada o protótipo de um avião elétrico com 18 pequenas turbinas, que pretende tornar mais eficiente, e ecologicamente correta, a aviação comercial em todo o planeta.

Em desenvolvimento desde o ano passado, o projeto é chamado LEAPTech e ainda demorar a ir para os céus. Inicialmente, a tecnologia será instalada em um caminhão que irá rodar no fundo de um lago seco na Califórnia, a cerca de 110 km/h.

Os dezoito propulsores irão assoprar vento diretamente sobre as asas, para fazer o avião subir. Aviões convencionais usam o impulso para frente, gerado por um motor, para elevar a máquina.

A nova tecnologia tem três grandes vantagens: o avião pode decolar em pistas menores; a asa pode otimizada para melhorar a eficiência de consumo da aeronave; e cada motor pode rodar em diferentes velocidades, para melhorar o desempenho e reduzir os ruídos do avião.

A intenção da Nasa é criar o X-57, um avião capaz de voar a 321 km/h em altitudes de até 3 mil metros, com autonomia de 724 quilômetros.

O LEAPTech faz parte do programa X-Plane da Nasa, que desenvolve protótipos de aviões desde meados do século XX. Entre as aeronaves desenvolvidas no programa, está o primeiro avião com motor de foguete que quebrou a barreira do som em 1947, além de tecnologias usadas nos foguetes espaciais da agência espacial.