Campinas ganha aeronave destinada a resgates médicos


A região de Campinas acaba de ganhar mais um reforço para situações de resgate e emergência. O governador Geraldo Alckmin entregou nesta quarta-feira, 25, uma aeronave para o Grupo de Resgate e Atenção às Urgências e Emergências (Grau), a "tropa de elite" do resgate médico estadual. Com o novo equipamento, o Corpo de Bombeiros e o Grupamento de Radiopatrulha Aérea da Polícia Militar passam a contar com 22 helicópteros.

"Estamos entregando o primeiro helicóptero do Grau, novo, zero quilômetro, todo adaptado, o mais moderno, com alta potência, guincho para socorrer pessoas com cesta, atendimento rápido e estabilização. Temos profissionais muito bem preparados e qualificados," afirmou Alckmim. 

O helicóptero, modelo AS350 B2 Esquilo, alcança um raio de 60 km em apenas 20 minutos, permitindo o rápido acesso das equipes de saúde às vitimas, bem como sua transferência para o hospital mais adequado ao tratamento, além de garantir agilidade às transferências inter-hospitalares.

O Esquilo também dispõe de uma tecnologia avançada como o sistema VEMD (Vehicule and Engine Multifunction Display), que permite a visualização dos parâmetros do motor e da aeronave agrupados em tela de cristal líquida e, consequentemente, garante maior facilidade e segurança ao vôo. Também possui GPS Garmim 500, que oferece recursos de maior precisão sobre trajetos, além de kits aeromédicos homologados.

Mais de 130 médicos recém concursados foram capacitados para atuar como tripulantes operacionais nessas aeronaves, em conjunto com pilotos da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Foram investidos R$ 10 milhões para aquisição do "aparelho", que vai reforçar o atendimento aeromédico e otimizará tanto as ações em saúde quanto as de policiamento.

O governador também destacou que a Região Metropolitana de Campinas contará com duas aeronaves, “uma somente para a segurança, e a outra somente para o atendimento de saúde". 


Nota: Diante de tantas notícias pelo Brasil de helicópteros da policia parados por falta disso ou daquilo, da gosto saber que em alguns estados as coisas vão bem.