Pesquise no Site

O IXV pousa no Pacífico conforme previsto


A Agência Espacial Europeia (ESA) lançou nesta quarta-feira um avião espacial experimental, no âmbito de um projeto para desenvolver o primeiro sistema de transporte espacial reutilizável. O voo suborbital tem como objectivo “testar tecnologias e sistemas críticos para os futuros sistemas europeus de reentrada automática”, explica a ESA no seu site. 

Ao desenvolver um aparelho que consiga fazer aterragens autónomas numa pista em vez de se cair no mar, a agência europeia espera diminuir os custos das viagens, mas também poder trazer mais facilmente para estudo amostras de corpos terrestres, como cometas. 

O Veículo Intermediário Experimental (IXV), que vai fazer toda a operação autonomamente, decolou da base da ESA na Guiana Francesa, América do Sul, depois de um atraso de 40 minutos. O IXV irá separar-se do foguete de lançamento aos 320 quilômetros de altitude, viajar até aos 420 quilômetros e depois voltar a reentrar na atmosfera terrestre.

Durante a descida, o veículo vai reunir dados para “ajudar a guiar o desenvolvimento de futuros aviões espaciais”, explica a ESA. Com a ajuda de um pára-quedas o aparelho deve aterrar no Oceano Pacífico, 100 minutos depois do lançamento. Um navio de recuperação já está preparado para a operação de resgate. (Renascença)


Atualização

O protótipo de avião espacial europeu IXV, lançado nesta quarta-feira a partir da Guiana Francesa, pousou 100 minutos mais tarde no oceano Pacífico, como estava previsto, anunciou a Agência Espacial Europeia (ESA).

"A missão se desenvolveu como o previsto, não podia ter saído melhor", declarou Jean-Jacques Dordain, diretor-geral da agência.


Com este protótipo, a Europa pretendia colocar à prova sua capacidade de reingresso na atmosfera, uma tecnologia chave que ainda não é dominada, ao contrário dos russos e americanos. O protótipo do avião espacial havia sido lançado às 13h40 GMT (12h40 de Brasília). A missão começou com 40 minutos de atraso devido a um pequeno problema técnico em terra.

Batizado IXV (por Intermediate eXxperimental Vehicle), o foguete espacial, sem asas e não-tripulado, mede cinco metros de comprimento e pesa cerca de duas toneladas. (AFP via EM)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...