Pesquise no Site

Ninguém segura o Kctão!


Portugal paga mais 34 milhões de euros para o programa de parceria com a Embraer

Verba foi aprovada esta quarta-feira pelos ministros das Finanças, Defesa e Economia. Portugal participa com mais 30 países no programa da Embraer que desenvolve o avião KC-390.

O governo reforçou esta quarta-feira a aposta de Portugal na parceria com a Embraer para a produção do avião militar KC-390, disponibilizando mais 34 milhões de euros para o projeto. Segundo o despacho assinado pela ministra das Finanças, pelo ministro da Defesa e pelo ministro da Economia, este programa tem “importância estratégica” e há interesse para continuar a apoiar o projeto financeiramente.

Ainda segundo o despacho publicado na quarta-feira em Diário da República, “constatou-se a insuficiência do montante de trinta milhões de euros inicialmente fixado para as medidas alternativas” e isso levou a um reforço financeiro de 34 milhões e 800 mil euros por parte do governo português.

Em outubro de 2014, o ministro da Defesa, José Pedro Aguiar-Branco, disse que “eventualmente em 2015″ haveria uma “decisão do ponto de vista político e financeiro” sobre a possibilidade de compra por parte de Portugal dos aviões KC-390. Portugal assinou com a empresa aeronáutica brasileira – tal como outros 30 países – um protocolo em que está prevista a compra de até seis jatos KC-390. O primeiro destes aviões foi apresentado em outubro no Brasil e algumas das partes da aeronave são construídas em Portugal.

O KC-390 é o maior avião que a Embraer já construiu e poderá vir a substituir os seis aviões de propulsão a hélice C-130H Hercules, que pertencem atualmente às Forças Armadas portuguesas.

(site português)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...