Sinal dos tempos?


O fabricante de aeronaves chinês, Harbin*, afirmou no dia 21 que já foi assinado o acordo da exportação sobre 4 aviões da série Y-12, com a companhia aérea russa FLY. É a primeira vez que aviões chineses são exportados para a Rússia.

Segundo a apresentação do responsável do fabricante, o modelo do avião assinado, pertence à série Y-12E. Este avião conta com uma capacidade para 19 passageiros e possui a vantagem de poder descolar numa pista de pedra áspera em curta distância, estando adaptado a voar numa altura inferior a 4000 metros dos planaltos.


* O texto original faz referencia a empresa Hafei, que seria a ramificação automobilística da Harbin