Pesquise no Site

Com sotaque Paraibano


Campina Grande tem tudo para se consagrar como um pólo aeronáutico de referência no Nordeste. Nesta quarta-feira (7), o prefeito Romero Rodrigues oficializou, em solenidade no Centro de Tecnologia Aeronáutica do Senai, no Distrito Industrial, a cessão de terreno no distrito de São José da Mata para a Stratus Indústria Aeronáutica, fabricante de aviões, primeira do segmento a se instalar na Paraíba. 

A primeira aeronave feita na cidade poderá alçar vôo até o próximo mês de junho, sendo um marco no progresso econômico local.

A PMCG investiu R$ 200 mil com a desapropriação de uma área de 35 mil metros quadrados no Aeroclube de São José da Mata e, agora, vai providenciar a pavimentação de uma pista de 800 metros quadrados, dentro dos padrões recomendados pela Anac, num investimento superior a R$ 1 milhão. 

“Com isso, o novo espaço industrial da cidade será concretizado. Nele, com certeza, além da fábrica de aviões, outras empresas deste ramo haverão de ser instaladas”, disse.

Além de ações como desapropriação, cessão oficial de terreno, investimentos em infra-estrutura, a PMCG estimulou a implantação da primeira fábrica de aviões da cidade mediante a política de incentivos fiscais. 


Outra ação anunciada pelo prefeito é a instalação de moderna iluminação no setor, contribuindo também para a segurança da comunidade onde ficará sediado o empreendimento. “Com tudo isso, Campina Grande ganha com a geração de renda, multiplicação de empregos e formação de profissionais especializados para o nosso novo mercado de trabalho”, acrescentou Romero.

O empresário Juan Pinheiro, proprietário da Stratus Indústria Aeronáutica, reconheceu que a PMCG foi um parceiro de “primeira hora”, suprindo todas as necessidades para a instalação da nova empresa na cidade, também reconhecendo o apoio da Fiep, Senai (onde acontece o curso de Formação de Mecânico de Aeronave) e até de parceiros internacionais.

Juan Pinheiro revelou que a fábrica vai produzir dois tipos de aviões. A primeira aeronave, em fase de construção, vai voar em junho deste ano, tendo capacidade de conduzir quatro ocupantes. Segundo Juan, uma unidade já foi adquirida por um empresário paraibano. O segundo tipo de avião comporta dois lugares, sendo que a fabricação deste modelo (de caráter mais esportivo) acontecerá a partir de fevereiro. 

Também um empresário da região já comprou a aeronave, numa demonstração do sucesso do empreendimento. A fábrica ainda produzirá diversos componentes para aviões e servirá como campo de estágio.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...