Pesquise no Site

A novela dos Hércules portugueses (atualizado)


Ontem a tarde publiquei uma matéria com base no site O Expresso que falava do interesse português pelo nosso Kctão para substituir o velhos Hércules da FAP. No entanto, horas mais tarde veio uma espécie de desmentido do mesmo site, dizendo que as autoridades portuguesas pretendiam primeiro atualizar os seus aviões e deixariam a aquisição de novas aeronaves para outra data. Essa segunda parte da história foi publicada hoje por vários sites especializados.

O estranho é que estão falando dessa história de atualizar os C-130 portugueses desde 2012. Parece que temos a quem puxar na demora de atualizações. Para bagunçar mais a minha cabeça, hoje caiu na minha caixa de entrada uma matéria do site português Notícias ao Minuto, que diz que o Ministério da Defesa daquele pais solicitou informações à Embraer para a eventual compra de cinco a seis aeronaves KC-390. A mesma informação foi repetida pelo site Visão. E agora? Quem esta falando a verdade? Deixo abaixo a íntegra da matéria para vocês lerem e tirarem suas próprias conclusões.

Força Aérea Ministério pede informação para eventual compra de aviões KC-390

"O Ministério da Defesa solicitou informações à brasileira Embraer para a eventual compra de cinco a seis aeronaves KC-390, que irão substituir os C-130 da Força Aérea, refere o pedido de proposta a que a Lusa teve acesso."

O documento, assinado pelo ex-diretor-geral de Armamento e Infraestruturas de Defesa, general Gravilha Chambel e datado de 29 de dezembro, pede informações à empresa de aviação brasileira para "efeitos de planeamento" e para esclarecer se os KC-390 possuem "todas as caraterísticas e capacidades necessárias para substituir" os Hércules C-130, que operam desde os anos 70.

Questionado pela agência Lusa sobre este processo, fonte do Ministério da Defesa confirmou "o início do processo negocial com a Embraer para a eventual aquisição dos KC390", mas disse não ter recebido resposta do fabricante.

A mesma fonte referiu que "a substituição das aeronaves C-130 consta da nova lei de Programação Militar, aprovada [na generalidade] na Assembleia da República" na quinta-feira.

O objeto da proposta, pode ler-se, passa pelo "fornecimento de cinco a seis aeronaves KC-390 novas de fábrica", certificadas "pelas autoridades competentes, com alcance intercontinental, capazes de executar operações estratégicas e táticas, civis e militares, sem limitações".

"A proposta deverá contemplar uma descrição exaustiva da aeronave, assim como o plano de entrega com base numa data de referência correspondente à celebração de um contrato", refere o "request for proposal" (pedido de proposta), apresentado pelo ministério liderado por José Pedro Aguiar-Branco.

O Governo solicita à Embraer que apresente "uma lista de opções dos diversos tipos de sistemas e custos associados" e também "uma proposta para a opção de aquisição/disponibilidade sem restrições de utilização de um simulador em território nacional" para um eventual centro de simuladores em Alverca "para apoio internacional".


Nota: Pesquisei hoje (23/01/2015 19:55) em dois sites especializados em aviação portuguesa para tirar a dúvida e, tanto o Pássaro de Ferro como o NewsAvia não falaram uma vírgula a respeito. Nada também no site do Ministério da Defesa de Portugal. Vocês estão de sacanagem comigo, né? Depois a gente faz piada de português e vocês ficam bravos.

Atualização feita em 24/01/2015 às 23:00

Agora a noite, verifiquei que o site português especializado em aviação Pássaro de Ferro esclareceu que foram alocados recursos para a modernização dos Hércules para garantir sua operacionalidade, mas também estão sendo iniciadas as conversações a respeito do Kc390. Ninguém resiste ao nosso Kctão.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...