Pesquise no Site

Crise da TAP: Solução em 2017


A TAP recebe os primeiros cinco aviões A350-900 no primeiro trimestre de 2017, dez anos depois de Fernando Pinto ter assinado o contrato com a fabricante Airbus, em Toulouse.

A companhia aérea portuguesa encomendou 12 equipamentos e será a quarta companhia mundial a receber os aviões, a segunda da Europa, logo depois da Finnair. Mas o primeiro que só agora ficou pronto, sai já de França em dezembro para se juntar à frota da Qatar Airways, no Médio Oriente.

Pelos doze aviões a TAP deverá pagar cerca de 2,78 mil milhões de euros, 235,1 milhões de euros por equipamento segundo o preço de catálogo da fabricante, clarificou a Airbus num encontro com jornalistas em Toulouse.

"A ideia da TAP é poder trocar os A340 que ainda tem na sua frota", de acordo com José Eduardo Moreira, engenheiro de frota da TAP manutenção Portugal, um dos cinco engenheiros afectos às companhias que encomendaram estes aviões e que foram convidados para acompanhar a produção dos A350 em Franca. 

No entanto, para além de substituir os cinco A340 que contam já com cerca de 20 anos, as aeronaves também poderão servir para trocar alguns dos A330 mais antigos, bem como para fazer algum reforço de frota, consoante as necessidades da TAP.

Dinheiro Vivo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...