Pesquise no Site

Ainda desaparecido

Foto meramente ilustrativa de um modelo semelhante ao desaparecido
A Força Aérea Brasileira (FAB) suspendeu, às 18 horas desta segunda-feira, as buscas pelo avião Cessna, U206G, matrícula PP-FFR, pertencente ao governo do estado de Roraima que desapareceu neste domingo (26) provavelmente com cinco pessoas.

O avião saiu de Boa Vista com destino a Santa Maria do Boiaçu- região do Baixo Rio Branco em Roraima, para socorrer duas mulheres grávidas. De acordo com informações da Base Aérea de Boa Vista (BABV), a aeronave decolou por volta das 11h50 e tinha pouso programado para as 14 horas, em Boa Vista.

Em razão do mal tempo o avião não manteve mais contato com Boa Vista após uma chuva forte. Agora à noite, o chefe da Casa Militar do governo do Estado, coronel Amaro Júnior, informou que as buscas foram suspensas, mas serão retomadas nesta terça-feira (28) pela manhã.

“As buscas estão sendo feitas pelo Grupamento Aéreo da Aeronáutica. Nós recebemos várias informações que precisam ser checadas. O piloto que estava na aeronave é um piloto muito experiente que conhece muito bem a região e pode ter feito uma rota alternativa uma vez que estava chovendo naquela área”, disse o coronel. A Vanguarda


Exército

Uma equipe de 40 militares do 7º Batalhão de Infantaria de Selva (7º BIS) atuará a partir desta quarta-feira (29), no patrulhamento fluvial em busca da aeronave desaparecida na região Sul de Roraima. 

Conforme informações da 1ª Brigada de Infantaria de Selva, a solicitação de apoio foi feita por familiares e amigos dos passageiros e tripulantes do avião Cessna, U206G, matrícula PP-FFR, pertencente ao governo do estado. O trabalho de buscas já ocorre por via aérea realizada pela Força Aérea Brasileira e por água pelo Corpo de Bombeiros. G1


Familiares tem esperança

Familiares do enfermeiro Teixeira, que estava no avião que sumiu na Região Sul de Roraima neste domingo (26), participaram de uma reunião na sede do Corpo de Bombeiros, zona Oeste de Boa Vista, nesta terça-feira (28), e afirmaram acreditar que o grupo de desaparecidos será resgatado. Na reunião, bombeiros, médicos e enfermeiros do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) definiram o próximo passo nas buscas pela aeronave.

"A gente sabe que o piloto é experiente, que está acostumado a fazer viagens para a área e o meu irmão é socorrista. Então, temos esperança", disse Emerson Teixeira Silva, irmão do enfermeiro.

Emerson acrescentou que os familiares foram ao Corpo de Bombeiros pedir que as buscas fossem intensificadas para que as chances de encontrar a tripulação sejam maiores. "As buscas estavam sendo feitas via aérea. Sabemos que aquela região Sul do estado é mata fechada, é difícil". G1

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...