De novo ele?


O avião que caiu no município de Piracuruca (veja matéria anterior), no início desta semana, estava sendo transportado por uma carreta até a sede da Polícia Federal (PF) em Parnaíba, que investiga o caso. Na saída do município de Buriti dos Lopes, as asas bateram em dois postes de energia e a aeronave ficou "entalada", bloqueando a pista nos dois sentidos. A carreta não consegue se movimentar e os carros estão usando uma via alternativa para conseguir trafegar pela BR 343 no trecho Parnaíba/Buruti dos Lopes.

A ponta de uma das asas quebrou. Como o avião está abastecido, a polícia, que já isolou o local, está analisando alternativas para retirar a aeronave, já que não podem ser usados maçaricos para cortar as ferragens por conta do risco de incêndio.

Na tarde desta sexta-feira (05), o delegado Alexssandro Uchôa, que a perícia feita por equipes da PF constatou vestígios de drogas dentro do avião. A Aeronáutica também confirmou que a aeronave é clonada e voava de forma clandestina.