SAE Brasil AeroDesign 2014


14 aeronaves radio controladas, projetadas e construídas em escala reduzida por estudantes de engenharia do Nordeste estão em fase de construção e teste para a 16ª Competição SAE Brasil AeroDesign, que será realizada entre os dias 30 de outubro e 2 de novembro, no Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), em São José dos Campos, SP.

Os projetos, de 14 equipes, envolvem cerca de 190 alunos de 11 instituições de ensino da Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte. Ao todo, 95 equipes inscreveram-se para a competição: 87 do Brasil e 8 do Exterior – Venezuela (4), México (2), Peru (1) e, pela primeira vez, Polônia (1).

Todas as equipes, que reúnem mais de 1,3 mil participantes, entre estudantes, professores orientadores e pilotos, foram desafiadas a projetar e construir aviões radio controlados como projeto extracurricular em suas instituições de ensino.

A competição contempla três categorias de aeronaves: Classe Regular (64 equipes), Classe Advanced (cinco equipes) e Classe Micro (26 equipes). O objetivo é que cada aeronave transporte o maior peso de carga durante o voo, de acordo com a categoria.

Concorrente da USP São Carlos de 2012
O Estado da Bahia será representado por três equipes: Axé-Fly, da Universidade Federal da Bahia (UFBA); Optimus, do Centro Universitário Estácio da Bahia; e F-Carranca, da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF).

Inscrita na Classe Regular, a Axé-Fly, da UFBA, construiu avião monoplano cargueiro com motor a metanol, capaz de carregar 8,5 kg. “O projeto em si gerou um avião consideravelmente menor se compararmos com o do ano passado, como a envergadura da asa, que diminuiu 28,3%, e a envergadura do estabilizador horizontal, que diminuiu 30%. Em termos de peso, diminuiu em torno de 18%”, afirma Carlos Matos Bulhões de Lima, capitão da equipe.

Concorrente do ITA em 2012
Provas – Em São José dos Campos, as avaliações e a classificação das equipes serão realizadas em duas etapas: Competição de Projeto e Competição de Voo, conforme o regulamento baseado em desafios reais enfrentados pela indústria aeronáutica e disponível no site da SAE BRASIL –www.saebrasil.org.br.

Ao final do evento, duas equipes da Classe Regular, uma Classe Advanced e uma da Classe Micro, que obtiverem melhores as pontuações ganham o direito de representar o Brasil na SAE Aerodesign East Competition, em 2015, nos Estados Unidos.