Retirado da água depois de meses


A tripulação de um barco pesqueiro da Nova Zelândia teve uma surpresa durante sua empreitada na manhã desta quinta-feira, ao "pescar" um pequeno avião com um corpo preso entre as ferragens, de acordo com informações da agência AP.

Segundo Trish Sherson, porta-voz da empresa Sanford, a embarcação de 18,5 metros procurava por peixes quando recolheu em sua rede a aeronave. Em comunicado, a polícia afirmou que iria buscar o avião e entrar em contato com a família do piloto desaparecido Daroish Kraidy, de Auckland, sobre a descoberta.


Kraidy, 53 anos, decolou no dia 25 de março com um biplano "amador", de um aeroporto perto da principal cidade neozelandesa. Equipes de resgate procuraram pelo piloto por uma semana, mas não encontraram nenhum vestígio de Kraidy ou da aeronave.

O desaparecimento do piloto, no entanto, pode ter sido intencional, de acordo com a ex-mulher e filha de Kraidy disseram à Fairfax Media no mês de maio, uma vez que ele estava enfrentando problemas de depressão.


A Autoridade de Aviação Civil da Nova Zelândia confirmou que o avião de Daroish Kraidy é o único que consta na lista de desaparecidos do país.