Maluco


Um inglês será julgado este mês, acusado de causar pânico em um voo da Thomson Airways, após quebrar uma das janelas da aeronave. O caso ocorreu no dia 25 de maio, em um avião que ia da Flórida para o Reino Unido. Segundo o Daily Mail, Nicholas Whittaker, 43 anos, teria dado um único soco na janela da aeronave.

Naquele momento, o avião sobrevoava a costa da Irlanda e estava a 35 mil pés de altura. Ninguém ficou ferido e o incidente não causou grande perigo, porque Whittaker rachou somente a janela interna. No entanto, se algo fosse danificado na parte externa, o avião poderia ser despressurizado, matando todos os passageiros. "Para quebrar o vidro interior é difícil e para quebrar o vidro exterior é quase impossível", afirmou um especialista ao Daily Mail. No avião estavam muitas famílias que voltavam de férias da Disney.

O incidente fez com que o piloto enviasse uma mensagem à polícia do Aeroporto de Manchester, onde a aeronave pousaria, para que o homem fosse preso. Whittaker foi levado pela polícia antes mesmo de os passageiros desembarcarem. Ele é acusado de negligência e descuido, agindo de forma a colocar em perigo uma aeronave ou qualquer pessoa a bordo. Ele deve comparecer ao tribunal inglês no dia 11 de agosto.

Época