Galinho de briga!


O pessoal da aviação agrícola já sabia o que muitos ainda não sabem: avião agrícola é para cabra macho! Imagina então se estivesse armado? Segundo o site AirHeadsFly a Força Aérea Real da Jordânia (RJAF) está atualizando seis aviões Air Tractor / Iomax AT-802 BPAs adquiridos dos Emirados Árabes, para utilizá-los como patrulha de fronteira, reconhecimento armado, contra-insurgência (COIN) e para apoio aéreo aproximado(CAS), devendo estar prontos até o final do ano.

O AT-802 foi originalmente projetado pela Air Tractor para fins agrícola, mas devido a sua robustez, boa capacidade de sobrevivência, baixo custo e facilidade de operação, ganhou um lugar na aviação militar para países onde as ameaças são de baixa intensidade, onde o uso de caças avançados seriam um desperdício. A Honeywell Aerospace enxergou essa vocação militar da aeronave e adequou seu negócio para capacitar o AT-802 para a função de combate.


Com as novas modificações em seus AT-802S, a  RJAF será capaz de lançar até seis mísseis Hellfire AGM-114, bem como até seis bombas GBU-58 de 250 libras, em pontos debaixo da asa. Os sensores de direção e orientação estarão em um POD na barriga da aeronave.

Com as ameças da ISIS ou ISIL se espalhando pela região, a procura por aeronaves para COIN e CAS devem aumentar. Não seria um bom momento para promover o nosso Super Tucano? Quem sabe oferecer um pacote parecido para o nosso Ipanema? Acorda Embraer!