Pesquise no Site

Piloto de caça russo provoca avião militar americano


Um caça russo armado interceptou no final de abril um avião militar de reconhecimento americano no espaço aéreo do Mar de Okhotsk, dias depois de outra manobra de intimidação no Mar Negro, revelou o Pentágono nesta terça-feira.

"Em 23 de abril, um Sukhoi 27 interceptou um RC-135 da US Air Force que realizava uma missão de rotina sobre o Mar de Okhotsk", (Extremo Oriente russo), afirmou o coronel Steven Warren, porta-voz do departamento de Defesa americano.

O caça russo passou "ante o nariz do aparelho americano, a uns 30 metros", segundo a fonte. O caça russo Su-27 estava de lado para expor sua barriga e mostrar suas armas.

O militar de maior grau, general Martin Dempsey, e o secretário de Defesa Chuck Hagel, expressaram sua preocupação ante seus colegas russos após o incidente.

O Mar de Okhotsk, no Pacífico, está situado entre a ilha Sakhalin e a península de Kamchatka. Esta manobra de intimidação implicando um caça russo não é a primeira que se registra desde o início da crise ucraniana e o aumento da tensão entre Moscou e Washington.

Dias antes, em 12 de abril, um caça-bombardeiro Su-24 realizou várias passagens em baixa altitude nas proximidades do destróier "USS Donald-Cook", que navegava em águas internacionais no Mar Negro.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...