Pesquise no Site

Piloto da Azul freia avião na decolagem para evitar colisão

Vídeo feito na aeronave no momento em que o piloto explicava o ocorrido (youtube)
Um piloto da companhia aérea Azul teve de frear bruscamente o avião na hora da decolagem para evitar uma colisão com outra aeronave no Aeroporto de Aracaju, em Sergipe. O voo sairia às 12h35 desta quarta-feira, 14, com destino a Maceió, em Alagoas.

Segundo o relato do piloto aos passageiros do voo, se a medida não tivesse sido tomada as aeronaves teriam colidido 20 segundos após a decolagem. Um dos passageiros do voo da Azul, o alagoano Luciano Cabral, filmou o momento em que o piloto descreve por que tomou a decisão de abortar a partida e postou em seu Facebook.

O piloto explica no vídeo que a aeronave à frente não era visível porque operava "por instrumentos". Apenas o Sistema Anticolisão de Tráfego (TCAS) identificou a possível batida. O equipamento, que se comunica com outras aeronaves, informa ao piloto os procedimentos para evitar uma colisão.

Como o avião da Azul estava no chão, a solução encontrada pelo comandante foi a de acionar o freio. "(A aeronave) estava em torno de 120 metros da gente, a 1 quilômetro de distância do nosso prolongamento. Deus me livre, a gente acertaria ele em 20 segundos depois de decolar", diz o piloto. "Então tivemos que abortar a decolagem. Essa é uma decisão muito rápida."

Conflito de tráfego. Em nota, a Azul afirmou que teve a decolagem abortada "após receber indicação de potencial conflito de tráfego" por causa "da presença de outra aeronave em sua trajetória". A aeronave foi inspecionada por técnicos e liberada para o voo com atraso de uma hora. A companhia disse "lamentar eventuais transtornos" e ressaltou que a ação foi "de caráter preventivo".

Procurada para explicar o incidente, a Aeronáutica, responsável pelo controle de tráfego aéreo, disse na noite desta terça que "está averiguando" o caso.

Estadão

Nota da Fab

Com relação ao ocorrid  o na tarde da última quarta-feira (14/5), quando uma aeronave da Azul Linhas Aéreas decidiu abortar o procedimento de decolagem no Aeroporto Santa Maria, em Aracaju (SE). O Centro de Comunicação Social da Aeronáutica informa que:

1- O aeródromo de Santa Maria, em Aracaju (SE), é atendido pelo serviço de Informação e Alerta (AFIS), no qual a separação entre os tráfegos é de responsabilidade dos comandantes das aeronaves.

2- Os tráfegos conhecidos naquele momento eram a aeronave da Azul, que decolaria da pista 11, com curva prevista para a esquerda após a decolagem, e um helicóptero que se aproximava do aeródromo pela radial 123º (direita do aeródromo).

3- O trajeto previsto e efetuado pelo helicóptero em aproximação, que operava em condições visuais, é um procedimento normal e não cruzaria a rota de decolagem que seria utilizada pela aeronave da Azul.

4- Portanto, em função de trajetos totalmente distintos, não havia risco de colisão entre as duas aeronaves.

5- A decisão de abortar a decolagem é de responsabilidade do comandante da aeronave.


 Brasília, 15 de maio de 2014.

Brigadeiro do Ar Pedro Luís Farcic
Chefe do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...