Pesquise no Site

Míssil propulsado por GNL


O maior produtor de mísseis na Rússia propôs criar um engenho novo com motor a gás natural liquefeito.Calcula-se que isso permitirá diminuir os custos do lançamento, informou sexta-feira o jornal Izvestia alegando a fundamentação da concepção apresentada pelo projetista.

O jornal informa que o gabinete de projetos técnicos de Samara apresentou a sua visão do foguete do futuro – um portador da classe superpesada, destinado a ajudar a Rússia a levar a cabo as suas ambições de colonização da Lua.

“Supõe-se que os engenhos, capazes de levar para o espaço cargas superpesadas, serão propulsados por motores a gás natural liquefeito e a oxigênio líquido. A utilização de motores a gás natural liquefeito permitirá baixar substancialmente o custo dos lançamentos: as respetivas despesas irão diminuir 1,5-2 vezes em comparação com os lançamentos na base de motores a querosene”, informa o jornal alegando os autores do projeto.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...