Pesquise no Site

Minas Anti-Helicóptero no exército russo


Segundo o site Voz da Russia, o chefe dos serviços de engenharia da Força Aérea Russa, coronel Alexei Khazov informou a jornalistas que "em breve" o exército russo receberá minas anti-helicóptero. Segundo ele, o aparato já foi testado em finais de 2013. Entenda o seu funcionamento



Representação gráfica de uma aeronave entrando em território hostil voando abaixo do radar

Pilotos de helicóptero geralmente se escondem dos radares voando a baixa altitude, conforme representamos na figura acima. Usando um sensor acústico de elevada sensibilidade, a nova mina reconhece o som do motor do helicóptero voando a distancias superiores a 400 metros. A posição exata e a distância do alvo é determinada por sensores de infravermelhos. Quando o helicóptero entra na área de alcance, a mina explode. 


Tal armamento é capaz de atingir um helicóptero ou outra aeronave até uma altitude de 200 m. Os projéteis são disparados por 12 cargas de pólvora à velocidade de 2,5 quilômetros por segundo e podem perfurar blindagem de um centímetro de espessura. Nenhum helicóptero atual é capaz de resistir a este ataque.

Se o helicóptero não entrar na zona de ataque, os sensores de infravermelhos se desligam e a mina entra em modo de espera, ou seja, fica em stand by. Quando a corrente da fonte de alimentação se torna inferior ao mínimo necessário para o seu funcionamento, a mina se autodestrói para não ser capturada pelo inimigo.

A mina anti-helicóptero obrigará os pilotos a voarem a um altitude mais elevada que o seu alcance, onde poderão ser detetados pelos radares antiaéreos. A criação desse dispositivo, que provavelmente alterará toda a estratégia de voo dos helicópteros, demorou mais de três anos. 

Os outros veículos terrestres e os efetivos humanos não correrão perigo, pois o dispositivo não reage a falsos sinais.

O peso e dimensões desta nova arma ainda não foram divulgados. A nova mina será colocada por meios de minagem remota, inclusive a partir de helicópteros. Os desenvolvedores russos asseguram que em todo o mundo ainda não existem análogos desta nova arma russa.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...