Pesquise no Site

Avião penhorado atrapalha o aeroporto de Campo Grande


Um Boeing 737-200, avaliado em R$ 1 milhão e sem voar desde 2007, faz o Aeroporto de Campo Grande ser obrigado a realizar uma operação ‘diferenciada’ em alguns períodos. A aeronave ocupa uma das 23 posições do maior aeroporto de Mato Grosso do Sul e não tem previsão para sair do local, segundo reportagem na edição de hoje (10) do jornal Correio do Estado.

O avião, fabricado em 1970, pertence a empresa Aero Táxi Ata Atlântico, com sede na cidade de Maracanaú, região metropolitana de Fortaleza, capital cearense. Um empregado moveu uma ação trabalhista contra a empresa de transporte aéreo em 2009, quando a dívida somava R$ 178 mil. Então, o boeing foi penhorado pela Justiça do Trabalho, ficando parado no aeroporto da Capital.

Segundo cálculos de servidores da Justiça do Trabalho de Mato Grosso do Sul, a dívida com o trabalhador já girava em torno de R$ 300 mil em meados de 2012, quando o boeing foi colocado a leilão para quitar o saldo devedor. Na época, porém, ninguém se interessou pela aeronave, mesmo com lance inicial de R$ 400 mil, 40% do valor em que é avaliado o avião.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...