Joguinhos de Guerra


Em resposta a situação da Crimeia, EUA reforça bases na Europa e programa exercício militar. Enquanto isso, observadores da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa foram impedidos de entrar na região.


Base aérea norte-americana muda de Quirguistão para Romênia

As funções militares, exercidas anteriormente pelo Centro de Trânsito do Pentágono no aeroporto Manas de Bishkek, capital do Quirguistão, passaram a ser incumbidas ao Centro de Trânsito Mihail Kogalniceanu, localizado na área de Constança, Romênia, disse à mídia uma representante do departamento de Relações Públicas do Centro de Trânsito Manas.

Na véspera, o chefe da base aérea dos EUA no Quirguistão tinha anunciado a conclusão de sua missão no país centro-asiático. Ele lembrou que a base fornecia reabastecimento aéreo, transporte de cargas e efetivos, assim como cumpria tarefas relacionadas com a segurança e missão humanitária.

Três centenas de soldados e dúzia de caças norte-americanos serão transferidas para Polônia

Na próxima semana, 300 soldados norte-americanos e 12 caças F-16 da Marinha dos EUA serão transferidos "para um treino" para a base aérea na localidade de Lask, na Polônia, segundo adiantou hoje, durante uma coletiva de imprensa, o ministro da Defesa polonês, Tomasz Siemoniak.

De acordo com um acordo polonês-americano de 2011, unidades da Força Aérea dos EUA vêm trimestralmente à Polônia, numa base rotativa, para treinar pilotos militares locais.
O número de soldados em cada turno com duração de duas semanas a um mês não pode ser superior a 250 pessoas.

Compilado do Voz da Russia

Nota: Os Estados Unidos confirmaram o envio de seis caças F-15 para a Lituânia, cumprindo a promessa de reforço da cooperação militar com os países do Báltico, segundo a AFP.