Pesquise no Site

FAB: Como sempre dando um jeitinho...



"Como medida de garantia de produtos hortifrutigranjeiros na mesa da população do Acre, o governador Tião Viana solicitou apoio ao governo Federal para o transporte dos alimentos perecíveis de forma preventiva e emergencial. Uma carga que aguardava em Porto Velho, chegou na tarde deste sábado, 22, em dois voos da Força Aérea Brasileira (FAB).

Ao todo, 18 toneladas foram desembarcadas na capital, uma aeronave modelo C 105 com três toneladas e outra de modelo C 130 com mais 15. A ação conjunta garante o abastecimento para a próxima semana sem alterações no preço desses alimentos. Afinal, o receio dos empresários era de que a interdição da estrada no fim de semana prejudicasse o abastecimento de hortifrutigranjeiros, a partir de segunda-feira. Já os alimentos não perecíveis são suficientes para os próximos 30 dias.

Ainda assim, o governo está em contato permanente com os empresários do setor,  Polícia Rodoviária Federal e Defesa Civil de Rondônia, para buscar outras alternativas caso o tráfego de caminhões volte a ser interrompido. Com o apoio garantido pela presidente Dilma Rousseff, o governador afirma que outros transportes aéreos de cargas serão feitos, se houver necessidade, inclusive, mais distribuidores já estão em contato com a Casa Civil para essa finalidade"

Rio Madeira e a BR-364
Nossa Opinião:

Sempre que ocorre alguma "calamidade", você vê as Forças Armadas dando um jeitinho para remediar a situação. Neste caso, o problema de abastecimento do Acre deve-se a interdição de estradas de RO que servem praticamente como única rota para o Acre.

As autoridades culpam as chuvas e as cheias dos rios, mas ninguém "pensou" que isto poderia acontecer? Os "gênios" que governam os estados não fazem um planejamento? Por acaso, estimulam a produção local? Investem em outras vias? 

Talvez estejam ocupados demais passeando de helicóptero... Por falar nisso, o Acre já devolveu o dinheiro do helicóptero superfaturado? Em 2010 o MPF solicitou ao Acre que devolvesse dinheiro referente ao sobre preço da compra de um Helicóptero da Helibras.

Na época a Helibras era comandada pelo Senador Jorge Viana, irmão do atual Governador Tião Viana que aparece nesta matéria solicitando ajuda ao GF. Como sempre, mudam-se as moscas mas ... Vocês sabem o resto.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...