Quantos milhões a FAB gastou com transporte de autoridades no Governo Petista?


Em Dezembro de 2013, no auge da utilização de aeronaves da FAB por autoridades políticas, fizemos um pequeno exercício matemático para calcular quanto custaria ao erário essa utilização. Na época chegamos a conclusão que o valor daria para comprar mais de um avião executivo por ano. Na falta de dados públicos, esse exercício virou apenas uma suposição.


Em junho desse ano, como Dilma Rousseff foi obrigada a custear com recursos próprios a utilização de aviões da FAB, o assunto veio novamente a tona. Uma matéria da Folha revelou que a ex-presidente teria desistido do uso, pois aviões militares custariam bem mais que jatinhos que ela poderia fretar.

A matéria da Folha diz que o custo do Legacy utilizado pela ilustríssima senhora é da ordem de 20 mil reais/hora de voo, porém, os dados não foram confirmados pela FAB por considerá-los "estratégicos".

Se resgatarmos a quantidade de voos com autoridades em 2013, veremos que a nossa suposição não estava tão errada... Abaixo deixo um trecho da matéria do jornal e o texto original que publicamos na época.


Texto original do Aerofatos:

FAB perde um "avião por ano" com viagens de autoridades 

Já esta se tornando um hábito as autoridades devolverem para a FAB uma determinada quantia para ressarcir os cofres públicos quando uma de suas viagens é revelada pela imprensa. No último episódio, Renan Calheiros devolveu 27 mil reais para "pagar" sua viagem para o implante de cabelo.

O mesmo personagem já havia ressarcido 32 mil reais a FAB em junho quando viajou para o casamento da filha de outro político. Já o deputado Henrique Eduardo Alves reembolsou R$ 9,7 mil reais aos cofres da União por motivos semelhantes. Pena não encontrarmos o valor devolvido pelo Ministro da Previdência Garibaldi Alves.

Em todo caso, são quase 70 mil reais para ressarcir 3 viagens realizadas. Segundo levantamento da CBN publicado aqui no blog, as autoridades tem feito em média 240 voos por mês. Fazendo uma regra de três simples do tipo "se 3 voos custam 70 mil quanto custará 240 voos?", encontraremos a cifra de mais de 5 milhões reais gastos por mês com voos de autoridades.

Pensando em 12 meses, teríamos algo em torno de 60-70 milhões de reais por ano gastos com viagens de autoridades. Valor que daria para comprar mais de um avião de transporte dependendo do seu porte.

Claro que a conta não é feita assim. O certo seria a FAB divulgar os custos de manter o seu grupamento de transporte de autoridades. Seria pedir muito?