E com vocês: Os especialistas do Facebook!


Já repararam como tem especialistas em caças no Facebook? Eu não entendo porque a USAF esta reclamando da falta de pilotos caçadores. Basta pegar uma meia dúzia que comenta pelos grupos e tudo estará resolvido.

Se por um lado a internet é democrática permitindo que muitos tenham acesso a informação, por outro lado ela cria monstros que vivem vomitando dados pegos de algum site para justificar seus argumentos teóricos.

De repente você se vê cercado de engenheiros aeronáuticos, pilotos com experiência em combate, estrategistas e PhDs em geopolítica ou técnicas militares.

Você clica em um perfil e vê que seu "especialista em caças" é advogado, médico ou profissional de TI. Estes últimos costumam ser os mais difíceis de conviver, pois a facilidade no acesso aos recursos da máquina parece multiplicar a arrogância do indivíduo.

Rapidamente você pode descobrir que aquele "especialista" nunca chegou perto de um cockpit de um caça. No entanto esta lá no face, demonstrando o quanto é culto e sábio.

É claro que nem todos são assim. Existem aqueles que tem consciência de que seu conhecimento é apenas teórico e de que suas fontes podem não ser as mais corretas. São pessoas que geralmente apenas questionam, argumentam mas nunca estabelecem uma verdade absoluta, pois sabem que nada sabem.

Infelizmente, são uma minoria. A grande maioria aponta o dedo na sua cara para comentar e encher a tela de opiniões. Postam como Deuses, como juízes tão cheios de si e conhecimento. O que falar para um cidadão desses? Nada. O médico disse para não contrariar.

Eu mesmo já cometi alguns desses pecados. Ás vezes na empolgação, somos convidados a dar a nossa opinião sobre um assunto e quando percebemos, tá estampado a nossa arrogância. Neste Blog existem diversos textos que se eu tivesse tempo reescreveria para apagar muitas bobagens que eu disse.

Errar é humano. Não admitir e continuar errando é atestado de burrice. O Facebook é um excelente espaço para compartilhar informações, basta ter bom senso.

______________
Este texto foi escrito ainda no início da vida do Blog. Foi atualizado alguns vezes, conforme a ideia foi amadurecendo. Em Agosto de 2016, em uma das minhas muitas brigas na rede social, percebi em um dado momento que eu estava cercado de "especialistas" que zoavam com minha cara. Abri o Perfil de cada um dos zoadores e encontrei muitos funcionários públicos que estavam e horário de serviço usando Facebook. Os caras ganham as custas dos nossos impostos, usam uma estrutura que nós mantemos para sua satisfação pessoal e egoísta. Isso já não é mais caso de Psiquiatria. É caso para o Ministério Público.