Pesquise no Site

Saiba o que é um "Rapid Raptor Package"

F-22 sobre o Alasca
Segundo o site Defense News, o que começou como uma idéia em um guardanapo em um bar do Alasca é agora uma nova capacidade da Força Aérea dos EUA que pode mudar a forma como os F-22 são implantados no Pacífico e no mundo.

Em 2008, dois F-22 pilotos vieram com a ideia de usar um C-17 para implantar rapidamente até quatro Raptors em qualquer base quando necessário. O Globemaster poderia ser carregado com todos os equipamentos e armas para os Raptors, e implantar uma base operacional na frente de combate dentro de alguns dias, se não horas.

Após anos de desenvolvimento, o "Rapid Raptor Package"  começou seu teste operacional e de avaliação, depois de uma apresentação de sucesso em agosto na Base Conjunta de Elmendorf-Richardson, no Alasca.

C-17 Globemaster
A ideia básica é de que um esquadrão de caça e uma aeronave de manutenção usariam uma combinação de quatro F-22 e um C-17 com um pacote de manutenção sob medida e pessoal treinado. Mantenedores e equipes de terra carregariam o C-17 completamente com equipamentos de manutenção e armas, então voariam com os F-22s para bases determinadas. 

Isso cortaria grande parte do planejamento, logística e sobrecarga que tradicionalmente é necessária para agendar uma implantação, dando a Força Aérea a capacidade de colocar rapidamente o seu caça mais capaz em lugares no mundo onde tradicionalmente não estaria disponível.

A ideia foi desenvolvida pelo Comando do Pacífico, o que significa que os F-22 atribuídos a essa área poderiam ser implantados rapidamente para conter às ameaças na região da Ásia e Pacífico. A Força Aérea já implementa regularmente os F-22s em bases como a base aérea de Kadena, no Japão.

A demonstração de agosto foi a terceira executada pela 3ª Asa do 477º Grupo de Caça nos últimos quatro anos. Esta ideia é diferente de muitas outras capacidades da Força Aérea, pois foi desenvolvida de baixo para cima. Começando com os pilotos, praças mantenedores  e oficiais de nível inferior que a executaram.

Leia o artigo completo em Defense News

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...