Pesquise no Site

Pior que errar é não admitir o erro.


O episódio envolvendo o fotografo do site Poder Aéreo barrado nos primeiros dias da Cruzex 2013 acabou gerando uma Nota Oficial da FAB assinada pelo Brigadeiro Marcelo Kanitz Damasceno, Chefe do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica. Esta nota pode ser acessada clicando-se aqui.

O que me chama atenção na nota é que, ao invés de reconhecer que houve um problema, e se dispor a melhorar esta questão, a FAB preferi tentar desmentir o site envolvido e chamá-lo de leviano. O site, mais que depressa publicou uma postagem onde rebate os argumentos da FAB, inclusive mostra provas de que o fotografo tentou fazer o devido credenciamento.

A nota não esclarece o que aconteceu com a Revista Aero Latina nem com o Blog Assuntos Militares que também reclamaram dessa questão do acesso. A nota chega a ser arrogante, pois não admite em nenhum momento que o sistema teve alguma falha.

Lembrando que em uma matéria da Agencia Fab é informado que a mesma fez o credenciamento de mais de 2500 pessoas. Como essas pessoas tiveram o seu credenciamento confirmado? Por e-mail? Não existe a mínima possibilidade que entre 2500 credenciados tenha havido um equivoco na FAB? Todas essas 2500 pessoas estão envolvidas diretamente no evento?

Quem já teve problemas com a divulgação de eventos da FAB sabe que esse não é o forte deles. Pelo visto, admitir erros também não. Desde pequeno aprendi que a gente aprende com os próprios erros, mas para isso é necessário admiti-los.

Em tempo: No caso da Revista Aero Latina, o problema foi resolvido conforme nota daquele site.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...