Aerofatos Um blog diferente Quanto mais eu pesquiso... mais certeza tenho... de que não sei nada!

25 de jun de 2017

Zoeira Made in Taiwan


A bruxa da zoeira anda solta na Republica da China. Após duas falhas de misseis MIM-23 Hawk durante exercícios militares de precisão, foi a vez do sistema Sky Sword II "soltar pecinha". De acordo com o TaipeiTimes, a Força Aérea confirmou que um míssil disparado por um caça IDF falhou e caiu diretamente no mar. 


O TC-2 Sky Sword II ou Tien Chien II é um míssil ar-ar de médio alcance, guiado por radar, desenvolvido por Taiwan no final da década de 90 para suprir a sua força aérea. Pois é, se usasse fogos caramuru, não dava xabú!

Já o IDF é um simpático caça feito em Taiwan com a "ajuda" da Lockheed, cujo grande pecado foi não ter uma motorização descente. Sabe como é, né? Não se pode ajudar Taiwan sem irritar a Mãe China. Vai ver que por isso batizaram o infeliz de  AIDC F-CK-1 Ching-kuo, como se xingar o cú de alguém adiantasse alguma coisa...

O que eu admiro nos taiwaneses é a persistência. De acordo com o Alert 5, eles agora querem armar o seu MALE UAV até o ano que vem com mísseis Hellfire. Se vai ou não dar certo, são outros quinhentos, mas nem tudo dá errado por lá. 

O mesmo o Alert 5 informou que os Apache AH-64E estão plenamente operacionais, mesmo depois de todo o problema que levou ao aterramento por conta da corrosão devido a alta umidade. Enfim, é tudo uma questão de tempo. Quando os chineses da outra China vierem para tomar conta, vai estar tudo arrumadinho para eles...

E vamos zoar porque o espinafre é barato, o choro é livre e o riso ainda não dá câncer!

Crônica: F-35 for Windows


Era vez um domingo em uma base dos Marines. Um Coronel e um General aguardavam impacientemente o atendimento de um 0800..

24 de jun de 2017

As espinafradas da semana


E o assunto da semana que ainda rendeu foi o abate do Su-22 sírio depois que a mídia divulgou mais detalhes. Dizem que houve tiros de advertência, depois um disparo de AIM-9 que teria sido enganado por flares até que um derradeiro AIM-120 teria atingido o Fitter.

Não sabemos ao certo as versões de mísseis utilizados. Provavelmente não era um AIM-9X avaliado em 600 mil dólares. Tão pouco um AIM-120D vendido por 1,8 milhões de doletas, mas com certeza gastou-se mais com mísseis do que o valor do avião. Era mais jogo oferecer ao sírio um Green Card para ele ejetar. Como disse o internauta, derrubar avião sírio velho é fácil. Quero ver derrubar o Temer.


Com quem será que a Índia vai casar?


Com uma possível demanda de mais de 150 aeronaves avaliada em torno de 12 bilhões de dólares dentro do programa Make in Índia, o pais asiático esta mais disputado que prostituta nova em bordel barato. 

De acordo com a CNN, a Lockheed Martin disse nessa segunda-feira no Paris Air Show que estabeleceu uma parceria com o gigante da indústria automotiva indiana Tata para montar seus F-16 por lá desde que recebesse uma ordem de compra lucrativa. Detalhe: A Lockheed e a Tata já são parceiros na fabricação de peças do C-130J e dos helicópteros Sikorsky S-92.

Kfir: Tão ruim, que compraram mais dois...


De acordo com o site Webinfomil, a Colômbia teria adquirido duas unidades do Kfir TC-12 para repor três células similares perdidas nos últimos anos. Ainda segundo o site, as unidades já teriam chegado e estariam passando por atualizações de sistemas para o mesmo padrão já utilizado na FAC.

As novas unidades biplace serão utilizada para conversão e treinamento. A decisão pela compra foi definida após as autoridades avaliarem que o plano de trazer de volta a ativa alguns Mirage V aposentados em 2010 seria muito custoso e tecnicamente complexo. 

18 de jun de 2017

E eu todo contentinho pagando 150 milhas por caça...


Segundo a Reuters, a Lockheed está na fase final das negociações de um acordo no valor de mais de 37 bilhões de dólares para vender 440 unidades do F-35 para um grupo de 11 países, incluindo os Estados Unidos. Este seria o maior negócio envolvendo o caça furtivo que deve estrear no Paris Airshow esta semana.

Chutando cachorro morto


De acordo com o Military Times, um F/A-18E Super Hornet da Marinha americana derrubou neste domingo um Su-22 sírio depois que aeronaves das forças de Bashar Assad atacaram rebeldes aliados da coalizão que lutam contra o ISIS. 

O incidente deu aos militares americanos sua primeira vitória no ar sobre um aeronave tripulada desde 1999 quando um Mig-29 sérvio foi abatido sobre a Bósnia por um míssil AIM-120. Em junho, uma aeronave americana também derrubou um drone que atacava as forças da coalizão em uma patrulha.

17 de jun de 2017

Voou. E daí?


Soem as trombetas. Acendam os fogos. Soltem a fumaça branca: Habemus caça! Tan tan tan tan tan... O Plantão do Jornal Nacional informa... Não. Não foi assim que aconteceu. Não teve fogos nem haverá parada militar. O primeiro voo do Gripado praticamente passou em branco na grande mídia. 

Quando Daniela Mercury resolveu sair do armário, foi assunto de horário nobre no JN. No entanto, nem uma palavra sobre o Gripen. Vai ver que é por isso que teremos Parada LGBT e não militar... Não é irônico?

14 de jun de 2017

F-15? Vão se Qatar!


De acordo com a Reuters, o Ministério da Defesa do Qatar informou que o país assinou um acordo de 12 bilhões de dólares com os EUA para adquirir caças F-15QA. O acordo teria sido concluído apesar das críticas feitas por Donald Trump na sexta-feria que acusavam  o pais árabe de apoiar terroristas.

Até tu Apache?


De acordo com site não especializado Times of Israel, a Força Aérea Israelense aterrou a frota de helicópteros de ataque Apache nesta terça-feira, depois que uma rachadura foi encontrada em uma pá do rotor posterior de uma das aeronave.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...